sexta-feira, 6 de março de 2015

Passado e futuro

 ♫ There's nothing you can't do
Now you're in New York!
These streets will make you feel brand new
Big lights will inspire you
Hear it for New York!
(New York - Alicia Keys)

Há alguns anos quando eu trabalhava como hostess em um Lounge, ganhei de uma cliente uma sacolinha com moedas de vários países (em 2012), mas não sei por qual motivo, nunca quis abri-la. Tambem ganhei algumas notas de estrangeiros, de seus países de origem como forma de agradecimento e guardei todas elas com muito carinho. Não sei explicar, mas sempre gostei desses gestos. Algumas notas valem menos de 50 centavos de real, mas as guardo como uma lembrança de uma fase diferente. 

Eu gostava de atender os estrangeiros, lembro de alguns que foram muito divertidos. Americanos, Africanos, Venezuelanos, os que serão inesquecíveis serão os Japoneses, sao de uma educação extrema mas oh povo mao de vaca, nunca ganhei nada deles hahaha. Enfim, o foco do post nao era esse, mas lembrei e quis comentar :)

 Lembro da menina que me presenteou (com a sacolinha) até hoje, se chama Elaine, balzaquiana, muito culta, arranhava alguns idiomas e outros tinha o domínio perfeito. Sempre com uma conversa bacana e um super sorriso no rosto. As vezes que realmente pudemos conversar, falávamos de viagens, de como era morar fora do Brasil, de outras culturas.  Elaine dizia que eu estava perdendo tempo, que deveria viajar, morar fora novamente, ir atras dos meus sonhos. 

Hoje cheguei em casa pensando na bendita sacolinha e decidi finalmente explorar as diferentes "nacionalidades" presas por tanto tempo ali.

Presente da Elaine e meu cofrinho de quando retornei dos EUA
Encontrei moedas de  "9" lugares:

Argentina
Inglaterra
Venezuela
Canada
Chile
Espanha
Peru
Bolivia
e Euros
(Ok, achei que a Inglaterra usava euros, mas encontrei varias moedas com a cara da Rainha Elizabeth.. fiquei na duvida sim haha)

Ano passado meu gerente foi passar as ferias na China e me deu algumas moedinhas de recordação também. 

O meu ponto principal é que essas pessoas não sabem e possivelmente nunca irão saber é que esse gesto despertou em mim a curiosidade de ir conhecer o mundo. Me prendo muito por que meu lado familia fala alto, mas meu lado "viver a vida" tem gritado constantemente. E acho que a vida foi feita pra ser vivida da melhor forma possivel. Claro, temos que pensar no futuro, familia, guardar um dinheiro para a velhice etc etc e tal.
Mas, e se eu ficar doente ou se eu ja estiver doente e tenha uma semana de vida. Terei eu vivido meus sonhos e poderei morrer satisfeita?

Há muitos anos tenho pensado em retornar aos EUA e irei ainda esse ano. Se Deus permitir e abençoar, logo estarei lá. E de lá quero muito conhecer todos esses lugares que citei acima.
Não tenho dinheiro, nao tenho herança, mas tenho a vontade de conquistar, de chegar lá. A Recompensa? Muitos memorias boas, fotos que nunca irao se perder pois estao e ficarão na minha mente, o prazer de aprender sobre o desconhecido, o fri na barriga que a aventura proporciona. É maravilhoso conhecer sobre outras culturas, costumes, poder viver algo diferente daquele cotidiano que estamos tao cansados de viver!

Vamos começar a por em pratica!




Ps.: Amo essa musica 

São Judas X FMU

Olá! Bem, eu ando conversando com algumas pessoas sobre a Universidade São Judas. Sou super fã de lá (pelo menos, até esse momento) e só t...

(¯`·. Localizador .·´¯)